Anuncie Connosco 963 152 172
O sentido de convivio entre homens e mulheres pode ser diferente, bem como a própria relação do homem com o convivio e isso pode ser a resposta para que o perfil de uma pesquisa com levantamentos internacionais cita como mais de 90% da clientela de profissionais do sexo serem homens. A classe social e frequência de uso do serviço são diversos. Mulheres normalmente tendem a ter convivio ou tem uma maior facilidade para relacionar com homens que elas sentem atração sexual, geralmente impulsionadas por sentimentos positivos que ele cause nela, como paixão ou amor, já o homem, não precisa necessariamente destes elementos, basta que uma mulher desperte atração para que seja motivo desencadeador do desejo de se ter convivio, sem que exista qualquer sentimento. Alguns estudos apontam que existem mulheres que já buscam o convivio por simples satisfação do desejo, porém a incidência é menor. Mesmo com toda liberdade sexual do mundo contemporâneo, muitos homens gastam muito dinheiro com acompanhantes. Os motivos pelos quais eles ainda procuram pelo convivio pago é difícil de desvendar, mas aqui iremos relatar alguns deles. Nas décadas de 70 e 80, o convivio pago era muito procurado pelo tabu da virgindade feminina. Nos dias atuais a liberdade sexual alcançou as mulheres, facilitando encontrar uma parceira apenas para o convivio casual. Esta suposta facilidade por encontrar parceira para o convivio casual fez com que as acompanhantes de luxo predominem no mercado das profissionais do sexo com sua beleza e juventude ao estilo das top models, panicats ou artistas famosas. Assim muitos homens que sentem dificuldade em conquistar aquela mulher que julga ser o padrão de beleza imposto pela sociedade, buscam pelos serviços oferecidos por estas modelos. Alguns dos motivos para que eles busquem por garotas de programa para se relacionarem são:

Praticidade e falta de compromisso

Segundo muitos homens, namorar da muito trabalho, exige energia, fins de semana comprometidos e vários rituais como mandar mensagens, ligações e lembranças de datas especiais… além disso ainda vem na bagagem a família da moça, crises de ciúme e outras chateações. Alguns homens acreditam que pagar cerca de € 300,00 em média por um programa pode ser mais barato do que apostar no convivio casual que para conseguir precisam investir em uma balada para conhecer mulheres, oferecer e pagar drinks, e depois propor um motel. Lembrando que nem sempre isso dará certo, já com a acompanhante existe a certeza de que pagando o cachê da garota, haverá o convivio tão esperado. O homem contrata serviços para um objetivo específico, com começo, meio e fim. A relação com a acompanhante é bem mais simples, a facilidade de acesso ao convivio sem nenhum tipo de vínculo afetivo é um chamariz muito importante.

Busca de um talento específico das acompanhantes e confiança no sigilo

Outro motivo que atrai os homens pela busca das profissionais do convivio é a técnica e conhecimento que separam uma mulher em geral das acompanhantes. Elas são buscadas pela capacidade de desempenhar uma prática de convivio e fazê-la de forma mais prazerosa e sem pudor, garantindo o sigilo da relação.

Fetiche, curiosidade ou quebra de tabu

A repressão em relação ao convivio também está por trás da preferência e escolha de alguns homens por elas. Pela educação repressora, muitos homens não se sentem à vontade ou têm medo de serem julgados pelas companheiras ao compartilharem suas fantasias sexuais, ou não conseguem encontrar alguma que tope realizar. Eles não querem ser rejeitados. Já com uma garota de programa o homem acredita que ela irá realizar seu desejo sexual sem drama ou julgamentos, pois considera que por estar pagando, tudo pode ser feito, sendo inclusive muito mais fácil por não existir um vínculo afetivo com a acompanhante.

Insegurança, carência ou solidão

Uma grande influencia neste cenário é a crescente liberação sexual feminina, com elas falando o que querem ou não na hora do convivio, o parceiro começou a se preocupar não só com seu prazer próprio, mas também de sua companheira, com isso muitos temem que sua performance na cama seja julgada ou mesmo comparada com a de outros parceiros sexuais que a mulher já teve. A sensação de alívio que uma acompanhante proporciona para cliente ao não julga-lo antes, durante ou depois da relação, por estar ali exclusivamente para satisfazer os desejos sexuais do homem, o exime de qualquer responsabilidade, não havendo cobrança quanto ao seu desempenho sexual. Entram também nesse contexto problemas com timidez muito elevada, que faz com que o homem não consiga se interagir com mulheres em seu convívio social, isso gera uma grande solidão, tornando a prática do convivio pago uma constante em sua vida.

Perda de virgindade e pressão do grupo

Existem homens que decidem ter sua iniciação sexual com as acompanhantes, por toda facilidade que elas oferecem, ou mesmo por pressão do grupo que convivem. Essa pressão do grupo social em que está inserido se reflete não só no início da sua vida sexual, mas também naquele grupo de pelada, no happy hour da empresa, ou em viagens à negócios, os amigos muitas vezes pressionam para que se encontrem com as acompanhantes para uma farra, tornando este comportamento comum.

Variedade de parceiras e desejo por uma acompanhente específica

E claro, a variedade de parceiras que o convivio pago oferece é um grande atrativo para que o mercado esteja sempre aquecido. Buscando nos locais certos como o conhecido site Site Realezas, o homem encontrará mulheres de diferentes tipos físico, que oferecem diversos tipos de atendimento, com cachês para vários bolsos e principalmente mulheres lindas e provocantes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

pt_PT
en_GB pt_PT